Quais os sintomas de câncer de intestino?

Quais os sintomas de câncer de intestino?

câncer de intestino inclui diversos tipos de tumores, os quais se iniciam na região do cólon (intestino grosso) e reto. Também conhecido como câncer de cólon e reto ou câncer colorretal, trata-se de um tipo de câncer tratável e com boas chances de cura — contanto que seja detectado precocemente, antes de se disseminar para outras partes do organismo. Por isso é tão importante saber reconhecer possíveis sintomas do câncer de intestino.

Neste artigo, escrito sob revisão do Dr. Roberto Pestana, médico oncologista do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, SP, veja quais são os principais sinais do câncer no intestino. Além disso, descubra o que fazer em caso de suspeita da doença.

 

O que leva ao desenvolvimento do câncer de intestino?

 

A maioria dos casos de câncer de intestino tem origem em pólipos. Essas lesões podem aparecer e se desenvolver na parede interna do cólon ou do reto.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca),entre os principais fatores de risco para a doença, destacam-se:

  • ter idade igual ou superior a 50 anos;
  • ter histórico familiar para o câncer colorretal;
  • ter tido câncer de mama, útero ou ovário;
  • ser portador de doenças inflamatórias do intestino (como Doença de Crohn ou retocolite ulcerativa crônica);
  • ter polipose adenomatosa familiar (FAP);
  • estar com sobrepeso ou obesidade;
  • manter uma alimentação pobre em fibras;
  • consumir carnes processadas (como peito de peru, presunto, bacon, mortadela, salsicha, linguiça, entre outras) com frequência;
  • ingerir mais de 500 gramas de carne vermelha por semana;
  • fumar e tomar bebidas alcoólicas rotineiramente;
  • ser exposto à radiação com frequência.

 

Quais são os sintomas do câncer de intestino?

 

Em estágios iniciais, o câncer de intestino costuma ser assintomático. Quando manifesta sinais, o câncer de intestino pode apresentar:

 

  • presença de sangue nas fezes e/ou alteração no seu formato (muito fino e comprido);
  • anemia e sensação de fraqueza;
  • mudanças nos hábitos intestinais (diarreia ou prisão de ventre);
  • desconforto ou dor abdominal;
  • perda de peso sem motivo aparente e
  • massa palpável (tumor) no abdômen.

Os sintomas surgem em quadros mais avançados, mas não são exclusivos dessa condição, sendo encontrados em outras patologias (como hemorroidas, úlcera gástrica, verminose, etc). Por isso, somente por meio de uma investigação séria, pode-se chegar ao diagnóstico correto.

 

O que fazer ao reconhecer um ou mais sintomas?

 

Primeiramente, é preciso reforçar que, na maioria das vezes, esses sintomas não são causados por tumores. Porém, caso apresente um ou mais sinais sugestivos para a doença, principalmente se não melhorarem em alguns dias, procure ajuda médica.

Outro aspecto importante é que, independentemente da origem dos sintomas, deve-se adotar medidas para melhorar os hábitos de vida. Além de ajudar a prevenir o câncer de intestino e de outros tipos, isso só lhe trará benefícios.

Portanto, não fume e evite bebidas alcoólicas. Ao mesmo tempo, procure se alimentar de forma saudável e nutricionalmente equilibrada, dando preferência a alimentos in natura e minimamente processados.

Além disso, pratique atividades físicas regularmente, procure dormir bem e encontre formas de aliviar o estresse. Tudo isso, logicamente, sem deixar de ir às consultas de check-ups periódicos.

 

Que especialista trata o câncer de intestino?

 

oncologista especialista em tumores gastrintestinais é o médico indicado para tratar o câncer de intestino. Para isso, ele considera o histórico clínico e familiar do paciente, bem como realiza exames físicos e complementares (laboratoriais e de imagem). Os mais solicitados são a pesquisa de sangue oculto nas fezes e endoscopias (principalmente, colonoscopia ou retossigmoidoscopia).

Assim, o especialista consegue visualizar a parte interna do cólon e do reto e verificar se existem tumores (ou pólipos que possam evoluir para câncer). Caso haja achados suspeitos, o passo seguinte é extrair uma pequena amostra do tecido e enviá-la para a biópsia. Só então é possível confirmar ou descartar a hipótese da doença.

Para concluir, conhecer os sintomas do câncer de intestino é importante para se manter alerta. Afinal, como o diagnóstico precoce aumenta as chances de sucesso no tratamento, possíveis suspeitas nunca devem ser ignoradas. No entanto, apresentar um ou mais sinais não deve ser motivo de apreensão — pois, como já foi mencionado, eles são comuns a muitas outras condições. Em caso de dúvida, procure sempre um especialista! Essa é a melhor forma de cuidar da sua saúde!

Caso queira conversar a respeito, o Dr. Roberto Pestana está à disposição. Para isso, faça o pré-agendamento de sua consulta pelo site que entraremos em contato!

Compartilhe

Publicado por: - Oncologista - CRM 170.446
O Dr. Roberto Pestana (CRM 170.446) é oncologista clínica do centro de oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein. Além disso, ele é médico do ambulatório de sarcomas do Hospital Municipal Vila Santa Catarina.